Dicas úteis

Como se tornar corajoso

Pin
Send
Share
Send
Send


19.06.2019 o relacionamento 273 Visualizações

Em todos os momentos, a coragem era considerada uma qualidade positiva, uma das principais virtudes, bem como um sinal de uma personalidade espiritualmente desenvolvida. Não existe uma pessoa tímida que pelo menos uma vez na vida não tenha pensado em como se tornar corajoso e aprender a controlar um sentimento de medo. Desenvolver esse traço de caráter obstinado não é uma tarefa fácil: exige trabalho titânico e trabalho constante consigo mesmo.

Retrato psicológico de um homem corajoso

Para se tornar ousado e corajoso, você precisa saber quais características são inerentes a uma pessoa determinada e autoconfiante. Uma pessoa pode ser chamada de corajosa apenas se atender aos seguintes requisitos:

  • Capaz de manter as emoções sob controle, avalia adequadamente a situação e é capaz de tomar a decisão certa, confiando apenas na voz da razão.
  • Ele sabe o que quer, não desiste de seu objetivo, mesmo que, para o bem de sua conquista, seja necessário fazer certos sacrifícios.
  • Ele é responsável por suas palavras e ações.
  • Pronto para lutar pela honra e dignidade dos entes queridos.
  • Soberly avalia suas capacidades, mas nunca cede a dificuldades.

O temerário difere de um covarde, pois em qualquer situação ele não perde a cara e não se curva sob a pressão da opinião pública. A coragem permite que você acredite em um futuro brilhante, porque uma pessoa corajosa percebe que o destino está totalmente em suas mãos.

Natureza do medo

Para desenvolver a coragem, você primeiro precisa derrotar seus medos, muitos dos quais se originam na infância. Forte medo e medo são a resposta do sistema nervoso a uma situação que força uma pessoa a fugir ou se render ao perigo. Ao mesmo tempo, as glândulas supra-renais começam a produzir ativamente o hormônio cortisol, que provoca estresse severo.

Assim, o medo é uma reação natural do corpo.Baseado em processos químicos no corpo e apoiado por um ambiente que ensina uma pessoa a estar sempre alerta. A capacidade de não ter medo e não entrar em pânico é desenvolvida através de um treinamento adequado da consciência.

Qualquer tentativa de se esconder de uma ameaça real ou percebida enterrando a cabeça na areia torna o medo mais intenso. Quanto mais uma pessoa busca desculpas por sua covardia, mais tempo passa em pânico com as possíveis conseqüências indesejáveis ​​de uma situação específica.

Somente olhando para o rosto do seu medo você pode encontrar uma arma eficaz contra ele.

Desenvolvimento da autoconfiança

Em uma pessoa boa, insolente e autoconfiante, que não tem medo de assumir a responsabilidade e percebe que é mais forte que as circunstâncias, ele vive muito mais fácil do que alguém que está em cativeiro do medo. Confiança permite que você faça ações ousadas. Seu desenvolvimento exigirá muito esforço, tempo e autodisciplina, mas o jogo vale a pena.

Os livros modernos de psicologia contêm muitas recomendações que permitem que você se torne uma pessoa destemida que pode avançar apesar das dificuldades. Em particular, eles falam sobre a importância de imitar a confiança até que ela se torne parte integrante do caráter. Você pode tentar enganar sua mente fingindo ser um corajoso temerário. Por exemplo, para convidar uma garota que você gosta em um encontro, prometendo não se preocupar se ela se recusar.

Depois de conseguir lidar com o medo, você deve reforçar seu sucesso com incentivo. Pode ser expresso tanto em uma recompensa material (um prato favorito, uma garrafa de álcool caro) quanto em intangível (uma visita a um cinema, férias no campo).

Em nenhum caso, falhas e restrições internas devem ditar suas condições. Somente quem não faz nada não está enganado. É improvável que você possa se tornar uma pessoa corajosa sem sofrer inchaços; portanto, não tenha medo de falhas no caminho para obter coragem.

Sair da zona de conforto

A recusa de um modo de vida habitual a princípio pode causar alarme, mas dará a chance de superar os medos. A implementação de novas ações nos ensina a ficar mais à vontade com surpresas, por causa das quais, de fato, nascem dúvidas e medos. Estudar como superar o medo em uma situação específica permitirá que você aprenda a demonstrar coragem quando confrontado com circunstâncias imprevistas.

Ir além da zona de conforto para o território de risco é uma condição necessária para o crescimento pessoal. Você deve aprender a remover o medo ao encontrar um novo. Vale a pena começar pequeno. Por exemplo, para abordar um estranho na rua com um pedido.

Todo mundo tem coisas que ele não pode ousar. Um não é capaz de se superar e se opor ao líder, cujas exigências radicais são contrárias às convicções pessoais, o outro tem medo de pular de para-quedas, apesar de estar sonhando com isso há muito tempo. Às vezes, esses medos podem ser eliminados e, às vezes, não dão certo.

Refletir demais sobre esse assunto claramente não vale a pena. Acontece que a relutância em se tornar ousado é uma manifestação de um modelo adaptativo de comportamento quando uma pessoa simplesmente não vê sentido em fazer o que a faz temer. Concentre-se em desenvolver coragem em outras situações. Portanto, você pode primeiro discutir suas opiniões com um amigo próximo e só depois expressar tudo ao chefe.

Dicas úteis de psicólogos

Coragem é uma qualidade que precisa ser desenvolvida e mantida constantemente, por mais difícil que seja. Para seguir esse caminho difícil, siga as seguintes recomendações:

  1. Sintonize-se com um trabalho frutífero consigo mesmo. Alcançar o objetivo final sem a atitude psicológica correta será muito problemático.
  2. Acredite em si mesmo. É necessário parar de prestar atenção às opiniões de outras pessoas e ouvir os conselhos de estranhos. Com os erros do passado, você precisa aprender uma lição e não se concentrar mais nas falhas do passado.
  3. Não evite seus medos. Se uma pessoa tem medo de pilotar um avião, não ignore os voos, mas, pelo contrário, você deve se esforçar para usar os serviços das transportadoras aéreas o mais rápido possível. Depois de algum tempo, o medo começará a enfraquecer e depois desaparecerá completamente.
  4. Aprenda a perder. Não há nada de errado em uma pessoa admitir e aceitar sua derrota. Desta vez, ele estava sem trabalho, mas a próxima fortuna certamente sorrirá para ele.
  5. Expanda seu círculo social. Estabelecer contatos com outras pessoas elimina complexos e medos. Uma pessoa extrovertida está sempre associada à coragem.
  6. Não tenha medo de correr riscos. Uma pessoa que nunca corre riscos, via de regra, vive entediada e monótona. O temperamento do caráter e da coragem geralmente ocorre quando são realizadas ações relacionadas ao aumento da produção de adrenalina. Para esse fim, atividades extremas como escalada, surf são adequadas.
  7. Não coloque as coisas fora do bastão. Nada mata motivação como promessas intermináveis ​​de fazer algo na próxima vez. Você precisa agir aqui e agora, caso contrário, pode não haver outra chance de perceber o que foi planejado na vida. Um homem corajoso realiza seus desejos assim que surge uma oportunidade diante dele.
  8. Elogie-se. Qualquer ação que resulte em vitória sobre o medo deve ser recompensada.
  9. Mude sua imagem. Pessoas confiantes não têm medo de mudar. Isso se aplica não apenas à aparência, mas também às visões da vida.

É preciso lembrar que o medo é uma reação normal à realidade circundante, sem a qual a raça humana não poderia sobreviver. Ser um temerário, sem medo de estar no epicentro do perigo, talvez seja emocionante, mas extremamente arriscado. A coragem que não excede os limites do senso comum ajudará a melhorar e preencher a vida cotidiana cinzenta com cores vivas.

Assista ao vídeo: Como Ter Mais CORAGEM - 3 Dicas PRÁTICAS! (Novembro 2021).

Pin
Send
Share
Send
Send