Dicas úteis

Psicologia do relacionamento: um compromisso e como encontrá-lo

Pin
Send
Share
Send
Send


Bem, você não pode viver toda a sua vida familiar assim em paz e harmonia, sem conflitos. Ou somos muito diferentes ou muito piores são exatamente os mesmos. Problemas no trabalho, gostos, estereótipos, valores mudaram e, assim, surgem conflitos.

Os conflitos são divididos entre os cotidianos relacionados a eventos comuns da vida atual (cuidados com as crianças, tarefas domésticas, etc.) e pessoais - muito dolorosos que visam humilhar, insultar uma pessoa, qualidades humanas. Mas, de um jeito ou de outro, eles precisam ser resolvidos, em uma determinada situação, a existência continuada do casamento dependerá de como nos comportamos. Mas para o casamento, o compromisso é o mais ideal - igualdade de direitos, franqueza de requisitos. Mas existem outras maneiras.

Maneiras de resolver o conflito

  • Insista por conta própria.

Esta é uma opção quando um dos cônjuges não quer ceder, minha posição, opinião, se comporta de forma agressiva e persistente. Um marido ou mulher quer se mostrar do lado dominante, forçando assim uma decisão pessoal. Com firmeza e intransigência, expressa sua opinião e cem por cento a considera correta. Geralmente nesta situação, o conflito não é resolvido, mas apenas à força entra no estágio de calma. Uma situação aguda em que as pessoas simplesmente não querem entender uma delas. Muitas vezes, essa solução para conflitos leva ao pior de um relacionamento - o divórcio.

  • Consentimento com o cônjuge.

Muitas vezes a este método vem no caso de fortes emoções negativas de um lado. Você pode até dizer por medo. A paz vem, mas não por muito tempo, pois o conflito não está resolvido. O consentimento pode ser se seu marido ou esposa tiver apresentado argumentos convincentes para provar que está errado. Vale a pena aceitar e reconhecer. Existem situações quando é importante produzir.

  1. O marido está chateado e se preocupa com o seu desacordo com ele. Parece inseguro e ofendido.
  2. O marido está realmente certo no conflito, aprenda a admitir seus erros.
  3. Às vezes, em situações difíceis, quando se trata de terminar, é necessário ceder espaço para preservar o casamento.
  • Partindo.

Uma maneira típica para pessoas otimistas. Uma das partes está simplesmente mudando de assunto, tentando se distrair com outra coisa, afastando-se da essência. Às vezes, é feita uma tentativa desse tipo para expressar sua opinião pelo exemplo ou, dessa forma, eles suspendem uma disputa pelo tempo de tomar uma decisão, de pensar sobre isso. Não é a melhor opção para atrasar, mais cedo ou mais tarde, de qualquer maneira mal-entendidos, as queixas se acumularão, o que levará a um escândalo mais forte. O termo "cuidado" pode significar um significado direto quando um homem ou mulher não quer estragar o relacionamento e simplesmente sair. E então eles tentam se comunicar, como se não houvesse conflito, apenas em vão.

  • Humor Toda brincadeira, se apropriado.
  • Encontre um compromisso.

Esta parte é talvez a mais importante em situações de conflito. Eles tomam uma decisão de compromisso quando o objetivo é alcançado, e ambos os lados estão insatisfeitos, mas concordam em fazer acordos, fazer concessões e há interesses comuns.

Um compromisso é um tipo de acordo sobre o qual o relacionamento existe ou não.

Não é uma solução, mas apenas uma busca por um resultado positivo. O melhor lado é se o casal estabeleceu acordos específicos e os está cumprindo, e a pior opção seria se o compromisso fosse recusar-se a obter concessões mútuas. Em outras palavras, o marido e a esposa se acalmaram e deixaram tudo como estava, não deram nenhum passo ativo para a decisão.

O primeiro passo é responder à pergunta "Você está pronto para salvar o casamento?"E mais:

  • identifique o problema ou lembre-se
  • estabelecer a verdadeira razão
  • exigências ou desejos de marido e mulher,
  • atitude em relação à briga, seu propósito.

Maneiras de compromisso

  • Solução conjunta para o problema. Tente, apenas fale, invente algum tipo de diálogo construtivo calmo. Discuta o problema desde o início, avalie os prós e os contras.
  • Doação de valor. Diga um ao outro ou escreva em um pedaço de papel que você não está confortável. Talvez um de vocês fique do lado do outro e ache certo.
  • Encontre como você é. Tente ouvir seu cônjuge, entendê-lo, compartilhar seus pensamentos com ele e encontrar as maneiras certas de resolver o conflito. Talvez você tenha discutido a mesma coisa apenas em palavras diferentes.
  • Tente imaginar "o que eu faria no lugar dele?" Veja a situação do outro lado. E encontre a solução certa.
  • Dê um passo em direção a. Nesse caso, a mulher precisa ser capaz de ceder, ser mais sábia, reduzir seu orgulho e sair do conflito lindamente.

Condições de compromisso:

  • ouça com atenção, não interrompa,
  • não culpe o marido novamente, não inicie um conflito novamente, não se lembre de insultos antigos,
  • Seja calmo emocionalmente, não aumente o tom da sua voz,
  • não seja rude
  • não revire os olhos, o que muitas vezes irrita as pessoas,
  • não humilhem a dignidade um do outro,
  • seja paciente
  • responda às perguntas dele, não se calem, caso contrário vocês se entenderão novamente errado,
  • lembre-se de que você não está falando com um adversário,
  • abandone o sentimento de suspeita
  • não esconda o insulto, mas diga tudo de uma vez, explique a si mesmo,
  • durante a conversa, use as palavras "nós", "nós",
  • tente entender o que exatamente excita seu marido, esposa,
  • para prestar atenção aos aspectos positivos do conflito, conte-me.

Se você já concordou e encontrou um compromisso, não exija que seu cônjuge aplique integralmente os acordos, não seja teimoso, mas confie nele.

O que é um compromisso e como encontrá-lo?

Os conflitos são parte integrante da coexistência, e devemos admitir que é impossível ficar sem eles. Cada pessoa tem seus próprios desejos e hábitos, que muitas vezes contradizem as necessidades do parceiro. E quanto mais próximos estivermos um do outro, mais próxima a comunicação, mais pontos de conflito.

Nem todo mundo entende a inevitabilidade dessas contradições nas relações, às vezes os dois lados se consideram certos e procuram "reconstruir", "dobrar" o parceiro. Esta é uma posição incorreta. Em qualquer situação de comunicação difícil, deve-se buscar um compromisso.

Muitas vezes, é considerado uma concessão aos caprichos de outrem e é considerado uma fraqueza, o que também é completamente errado. Um compromisso não é uma concessão, mas uma solução aceitável para ambos os parceiros. Pode não ser a melhor solução, do seu ponto de vista, mas ajudará a manter a paz e a harmonia nas relações.

Como encontrar um compromisso? Em cada caso, será o seu próprio caminho, mas existem várias regras gerais que ajudarão a chegar a um acordo.

  1. Claramente, sem negatividade e, de preferência, sem emoções, diga a seu parceiro sua posição.
  2. Peça que ele faça o mesmo e ouça atentamente, sem interrupção.
  3. Determine onde você pode fazer concessões sem prejudicar seus interesses.
  4. Ofereça ao seu parceiro o abandono de algumas de suas reivindicações.
  5. Tente juntos para encontrar uma terceira maneira de resolver a situação que combina com vocês dois.

E é muito importante: no processo de encontrar um compromisso, em nenhum caso se desvie do assunto da discordância, não seja pessoal, não se lembre de queixas do passado.

Conflitos o que você precisa saber sobre eles

  1. É melhor escândalo com antecedênciado que analisar as consequências. Se você sentir que o conflito está chegando, deixe seu cônjuge expressar todas as emoções antes que elas comecem a ferver.
  2. Se você tiver alguma reclamação sobre seu marido, discutir imediatamente, não guarde-os dentro. Resolva o problema à medida que surgirem.
  3. A vida em família é um compromisso. Ao resolver problemas, discuta e explique.
  4. Durante uma briga, pense o que você dizpara não me arrepender mais tarde durante toda a minha vida. Contenha emoções.
  5. Sugira soluções para a situação, não censure.
  6. Relacionamentos de depuração para a hora certa, humor e lugar. Talvez a discussão se esgote.
  7. Você não é perfeita. Pense nisso, talvez você esteja fazendo algo errado.
  8. Rendimento para o homemdeixe-o pensar que ele é o principal e está sempre certo.
  9. Você é um. Amor marido e briga. Ele não é um estranho para você, mesmo que você tenha opiniões diferentes.
  10. Vá durante o esclarecimento de "você" para "eu" e não "você está errado", mas "eu fui desagradável".
  11. Conflito é não há razão para lembrar de tudo!
  12. Sorriso e piada. Mas não confunda com sarcasmo!
  13. Admita sua culpa e peça desculpasonde é realmente necessário.
  14. Cônjuge não é propriedade você não vai refazê-loamá-lo por quem ele é.
  15. Lembre-se seu marido é seu amigo. É aqui que os casamentos ideais são construídos. Acalme-o, alimente e diga palavras amáveis.

Como encontrar um compromisso com o marido

Embora os parentes desejem que os noivos vivam em amor e harmonia, esse consentimento não é tão fácil de alcançar. Além disso, as características da psicologia masculina e feminina e uma avaliação diferente das mesmas situações desempenham um papel importante nos conflitos entre os cônjuges.

As mulheres que procuram manter a paz na família estão interessadas em se comprometer com um homem.

Representantes do sexo mais fraco têm uma psique mais flexível e frequentemente sentem uma forte dependência emocional dos homens

Portanto, eles tendem a fazer concessões e colocar os interesses do marido em primeiro lugar. Isso nem sempre é bom, pois deixa um sabor desagradável na alma, gera ressentimento e, às vezes, um sentimento de humilhação. O abandono constante de seus desejos em favor do orgulho masculino causa irritação, que se acumula e acaba levando a um colapso ou escândalo nervoso.

Para evitar isso, não conceda silenciosamente a um homem, concorde com relutância com os requisitos do cônjuge. Você precisa conversar com calma e tentar transmitir ao seu marido por que a decisão dele é inaceitável para você. Somente o uso deve ser feito de argumentos racionais e lógicos e não dar vazão a emoções.

Os homens realmente não gostam de lágrimas e birras, mas apreciam e respeitam a lógica. Converse com seu marido em uma linguagem racional - para que ele entenda você rapidamente e aceite um compromisso.

Prevenção de Conflitos

  • Respeite seu marido e a si mesmo, lembre-se, ele é o pai de seus filhos, sua pessoa próxima. Não comente o cônjuge na presença de estranhos.
  • Não seja arrogante e não assuma que sem você na família não haverá ordem para esta opinião errônea. Escute seu cônjuge. Trabalhe em si mesmo. Tire um tempo para relaxar um do outro.
  • Interesse-se pelo que o marido gosta, faça-o companhia.
  • Cozinhe com prazer, faça surpresas.

A resolução de conflitos depende diretamente do desejo e da capacidade de entender, ceder e perdoar.

A principal condição para a parte final do conflito é não procure ganhar. É necessário respeitar um ao outro e decidir o que é realmente necessário. Resolva o conflito você mesmo, não na frente da criança e não com a ajuda de outras pessoas.

Como disse um clássico Carl Witter: “Casar é terrível. Pior que isso, apenas uma coisa pode acontecer: não ser casado.

Os conflitos conjugais são diferentes para todos. Não tenha medo deles, porque nem todos eles levam à destruição do casamento. Na maioria das vezes, as disputas por uma briga levam ao fortalecimento e à compreensão da família. Não importa como o conflito ocorra, você precisa se comportar adequadamente e encontrar um compromisso juntos. E tente não se machucar com palavras. O bem-estar da família depende apenas dos cônjuges.

Você está usando um compromisso, certo?

Como encontrar a felicidade se este não é o primeiro casamento?

Como encontrar uma linguagem comum com os pais do marido e da esposa?

O que é um compromisso?

Primeiro você precisa descobrir o significado do termo em si. Para fazer isso, propomos procurar no dicionário explicativo do idioma russo. Se você acredita no que está escrito lá, um compromisso é um acordo entre as duas partes, baseado em concessões que são benéficas para cada uma delas. Assim, para resolver uma situação difícil e controversa, é necessário encontrar um terreno comum, com o qual as partes possam concordar, e cada uma delas receberá algum benefício para si.

Compromisso nas negociações comerciais. Para que serve?

Se falamos sobre o campo dos negócios, sem entender como chegar a um compromisso, não há o suficiente. Afinal, as negociações com parceiros de negócios nessa área são comuns. E muitas vezes os dois parceiros são configurados para aceitar com precisão suas condições, que ao mesmo tempo não se adequam à contraparte. Portanto, a tarefa do lado oposto é suavizar essas condições. Pode ser, por exemplo, preço, prazo de entrega, condições de trabalho, recursos de fabricação. Em geral, tudo o que é objeto dessas negociações. Assim, ambas as partes estão tentando encontrar condições que lhes sirvam e possibilitem uma cooperação mutuamente benéfica. Portanto, casos em que o resultado de negociações comerciais é um compromisso - essa é uma prática comum. Você pode até chamá-lo de objetivo das negociações comerciais.

Vida familiar e compromisso

Você não deve pensar que a capacidade de encontrar um compromisso é uma necessidade apenas ao negociar com parceiros de negócios. Essa qualidade é valiosa na vida cotidiana. Paternidade, vida familiar, relacionamento com pais ou amigos - todas essas áreas da vida exigem que a pessoa moderna seja capaz de encontrar um compromisso. Essa é uma das maneiras mais civilizadas de evitar conflitos. Caso contrário, brigas e escândalos no nível doméstico são inevitáveis. Se você dominar completamente a arte de alcançar um compromisso, pode ter certeza de que o relacionamento permanecerá intacto.

Nós damos um exemplo. A família tem dois filhos e todas as noites os pais lêem contos de fadas para eles. No entanto, constantemente surge uma disputa entre as crianças sobre que tipo de conto de fadas será contado dessa vez. Em vez de brigarem todas as noites, os pais podem oferecer às crianças que se revezem para nomear os contos que gostariam de ouvir. Assim, você pode não apenas encontrar uma solução que atenda a ambos, mas também transformar a escolha em um jogo interessante.

Como encontrar um compromisso

Provavelmente, não há necessidade de provar que a capacidade de chegar a uma solução de compromisso pode ajudar em muitas situações e ajudará a não ficar com uma "calha quebrada". Mas como aprender a fazer isso? Os psicólogos dizem que você pode chegar a um compromisso com as perguntas, fazendo-as ao seu oponente. Nesse caso, as perguntas devem ser sugestivas. Eles ajudarão a esclarecer a situação e encontrar uma solução que beneficiará ambos.

O fato é que, muitas vezes, não é possível tomar uma decisão apenas porque uma pessoa não pode se colocar no lugar de outra. É necessário olhar a situação através dos olhos de outra pessoa e tentar entender o que está por trás de suas palavras, por que ela responde dessa maneira e não o contrário.

Existe uma técnica bastante interessante de "5 por quê". Seu significado é que qualquer problema pode ser resolvido com a ajuda de cinco perguntas que ajudarão a entender a verdadeira causa do problema. Agora lembre-se, tentando resolver uma situação de conflito, com que frequência fazemos pelo menos uma pergunta e não tentamos "puxar o cobertor sobre nós mesmos"?

Esperamos que o significado da palavra "compromisso" agora se torne mais claro e mais importante - agora você sabe como usar a arte de encontrá-lo.

Como encontrar um compromisso em um relacionamento?

Sinais de separação entre um garoto e uma garota

Às vezes, é difícil entender como isso aconteceu e determinar o momento exato em que o relacionamento entre você começou a se deteriorar. Talvez alguns de vocês não tenham cumprido sua promessa, ou tenham voltado para casa mais tarde, ou talvez tenham sentido que não foram apreciados e um doloroso sentimento de insegurança começou a invadir sua alma. Outra vez, o motivo pode estar na superfície se for um romance ao lado ou uma briga séria.

Então, o que fazer se as relações se deteriorarem e como não interromper as coisas? Todo mundo tem problemas em sua vida pessoal, o principal é decifrar os sinais de separação e más relações no tempo e falar francamente com seu amado, você ainda não está perdido e ainda tem muitas chances não apenas de recuperar a confiança perdida, mas também de tornar uma união amorosa mais forte e mais feliz.

Desonestidade e segredos

Acontece que você está escondendo algo do seu namorado / namorada, não conte a verdade toda, mesmo que seja um pouco. Ou talvez exista um hobby secreto sobre o qual você evite conversar com seu parceiro? Não importa o que você esconda, tente conversar sobre isso com seu namorado / namorada e você verá o quão perto você pode estar um do outro.

Romances secundários

Os romances do lado podem ter uma natureza diferente, sejam relações sexuais do lado ou afeto emocional por outra garota / namorado. A principal coisa que importa é que esses acordos podem ter um efeito ruim no seu relacionamento com sua alma gêmea. Quando você presta atenção a outra pessoa do lado, isso significa que você está privando seu parceiro, que sentirá negligência e ressentimento. Você pode não considerar inocente flertar com um colega como um problema sério, mas sentir frio com um rapaz / garota pode causar uma resposta assustadora para você.

Apenas sexo liga você

É verdade que o sexo é a principal coisa no seu relacionamento? Se você é mantido unido por um relacionamento sexual apaixonado, seja uma noite passada juntos, uma reconciliação violenta após uma briga ou uma maneira de mostrar seu amor, então, infelizmente, esse relacionamento não pode ser chamado de saudável.

Романтические отношения строятся на двух базовых моментах, это общение и сексуальное влечение. Если у вас нет общих интересов и вам не о чем поговорить, тогда, в конечном итоге, вы обречены на страдания и непонимание со стороны партнера.

Нездоровая ревность в отношениях

Você sente inveja do sucesso do seu parceiro? Acontece que uma pessoa pode invejar o sucesso de seu cônjuge, pode ser um bom trabalho ou muitos amigos. A inveja nem sempre é ruim, mas quando se transforma em ciúmes em um relacionamento, e você começa a fazer planos secretos sobre como isolá-la dos amigos ou pedir para mudar de emprego, então as coisas estão ruins, isso é um sinal de ciúme doentio no amor.

Incerteza

Sua amizade íntima com sua linda namorada te assusta? Uma sensação de incerteza é característica do estágio inicial de um novo relacionamento, quando um garoto e uma garota começaram a aprender um sobre o outro, seus ex-parceiros e bonitos amigos e namoradas. Mas, se houver um relacionamento prejudicial, você poderá ser constantemente assombrado pela insegurança, mesmo depois de ter passado pelo estágio do amor apaixonado.

Concorrência

Caso você se sinta insignificante e impotente em sua união, e parece que quase não desempenha nenhum papel nas relações conjugais, seu amor pode se transformar em uma luta pelo poder, em inúmeras tentativas para provar qual de vocês é o chefe da casa. . Em um relacionamento doentio, o parceiro secretamente deseja e espera que sua metade fique aquém para se sentir mais significativa no contexto do fracasso do cônjuge.

Um dos sinais mais comuns de um mau relacionamento é a verificação feita por um dos parceiros. De tempos em tempos, uma garota (rapaz) pede intencionalmente a outra para fazer alguma coisa, percebendo plenamente que um amante certamente esquecerá ou cometerá um erro. Tudo isso é feito para pegar um cônjuge no momento do fracasso e dizer: “Eu sabia (a) que você esqueceria!” Ou “Eu te disse (a)”.

Falta de intimidade emocional

Não há nada de errado com o fato de você ter muitos amigos e, de tempos em tempos, simpatizar com pessoas do sexo oposto. Isso acontece com todos nós. Mas, para que sua união amorosa seja forte e bem-sucedida, seu parceiro deve ser seu amigo mais próximo e você deve se sentir à vontade para discutir com ele qualquer dúvida, seja sobre dinheiro, fantasias sexuais ou jogos de cama.

Levará algum tempo para que uma intimidade emocional especial surja entre vocês, mas se você tem medo de algo, não confie em sua alma gêmea ou não está pronto para compartilhar seus segredos, então você não poderá se tornar verdadeiramente próximo um do outro.

Falta de relações sexuais

Você acredita que o amor verdadeiro é tudo que você precisa para um bom relacionamento ou casamento? Infelizmente, você não está certo. A menos que um de vocês não consiga fazer sexo por causa de uma doença ou condição física, preste muita atenção à boa aparência e ao contato sexual regular com seu parceiro. Não subestime o papel da química do amor físico no desenvolvimento de uma forte união romântica.

Comparando

É difícil encontrar uma pessoa que seja perfeita em todos os sentidos. Claro, talvez haja algumas coisas que você gostaria de mudar em seu parceiro. Mas isso não lhe dá motivos para comparar seu namorado com os outros, seja um ex-amigo, colega de trabalho ou admirador secreto. A comparação sempre causa um sentimento de insegurança e destrói a união.

Você gosta de estar em um estado de amor

Mas você não ama a pessoa que mora perto de você. Como você se sente Você permanece em um relacionamento apenas porque sente prazer em se sentir amado / amado ou porque tem medo de ficar sozinho?

Às vezes, a única razão que o impede de quebrar é o medo de quebrar e a própria solidão. No entanto, deve-se lembrar que, se você permanecer em um relacionamento sem amor, mas apenas porque tem medo de ficar sozinho, você e seu parceiro ficarão infelizes.

Expectativas e demandas da família de um homem / mulher

Se você tem um longo relacionamento ou é casado / casado, talvez já tenha tido alguma experiência com o fato de que a família da sua metade interfere nos seus assuntos de tempos em tempos. A família do seu cônjuge intervém com mais frequência do que o necessário com solicitações ou tentativas constantes de influenciar seus planos e decisões? Talvez hoje você não preste muita atenção a isso, e a situação parece tolerável, mas uma vez que esse comportamento de seus parentes se torne insuportável e possa causar danos irreparáveis ​​às relações entre os cônjuges.

Você está em um relacionamento com alguém que está constantemente tentando controlá-lo? Então você não tem sorte, essas pessoas simplesmente não estão destinadas a criar uma família feliz e harmoniosa, a menos que tentem seriamente mudar seu comportamento de uma vez por todas. A harmonia familiar é baseada em um equilíbrio e entendimento entre duas pessoas; você precisa encontrar um compromisso no relacionamento, se quiser que elas funcionem. Se um parceiro tenta dominar e gerenciar outro, resolvendo independentemente todas as questões familiares importantes e fazendo tudo à sua maneira, então estamos falando de relacionamentos prejudiciais, dos quais nada de bom resultará.

Dar e receber

Você não pode criar relacionamentos harmoniosos a menos que comprometa e sacrifique algo pelo seu amado. Em uma união forte, ambos os parceiros entendem isso e se entregam de tempos em tempos para fazer sua alma gêmea feliz. Mas, se é um relacionamento doentio, existe um cenário em que um parceiro se dobra constantemente para agradar o outro, e o outro insiste constantemente que tudo é como ele ou ela quer.

Mesmo que seu relacionamento dê a impressão de ser ideal no momento, isso só é possível se um dos parceiros, que tem que ceder constantemente ao outro, for muito tímido e ainda não manifestar sua insatisfação com sua atitude injusta consigo mesmo. Mas se um dos casais não está pronto para se comprometer, chega um momento em que o outro não tem mais forças para tolerar a injustiça e decide expressar tudo o que pensa, exigindo uma mudança na situação a seu favor. Isso leva a uma briga na qual ambos os lados sentem raiva e a amargura do mal-entendido.

Incompatibilidade

Uma das piores opções para relacionamentos ruins é a aliança entre pessoas com caracteres incompatíveis. O amor apaixonado pelo estágio romântico de um relacionamento primeiro ajuda as pessoas a se aproximarem, mas a falta de comunicação e compreensão entre os parceiros leva a um arrefecimento e alienação graduais entre eles. Você ainda pode consertá-lo, mas para isso, você precisa conhecer melhor seu namorado / namorada e tentar se entender, ou seja, começar tudo de novo. E desta vez, você precisa se comunicar e não se trancar.

O silêncio como forma de educação

Somos todos diferentes e é inevitável que com o tempo as divergências se iniciem entre os parceiros nesta ou naquela ocasião. E a coisa mais importante aqui é como você lida com a situação. O que você faz se surgir uma disputa entre você? Cada um de vocês assume sua própria posição e permanece em sua própria opinião? Ou talvez você esteja começando a educar seu parceiro, punindo-o com silêncio até que ele / ela tenha aprendido a lição?

A educação silenciosa, apesar de sua eficácia, é uma das maneiras mais perigosas de resolver o problema. E, como resultado, leva a segredos, insegurança e decepção. Você pode usar esse método, mas apenas nos casos em que realmente é o único correto e eficaz.

Pin
Send
Share
Send
Send